PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

PPI inclui oferta permanente de áreas de petróleo e gás; edital sai em julho

Anne Warth e Amanda Pupo

Brasília

10/06/2020 19h26

O governo aprovou a realização de um leilão de áreas em Oferta Permanente para exploração e produção de petróleo e gás natural. O edital será publicado em julho e contempla 1,7 mil blocos em todo o País, disse a secretária especial do PPI, Martha Seillier. A previsão é que o processo ocorra no segundo semestre.

"Vamos colocar várias áreas em disponibilidade numa prateleira virtual, todos os interessados manifestam interesse, e à medida que vamos encontrando apetite pelas áreas, vamos organizando os leilões em oferta permanente", disse, em entrevista coletiva.

Não há estimativa de investimentos em razão da dinâmica do modelo da oferta permanente, informou o PPI. Caso todas as áreas sejam arrematadas pelo valor mínimo, o bônus de assinatura será de R$ 2,9 bilhões.

A oferta contínua diz respeito a blocos exploratórios não arrematados em licitações anteriores ou campos e blocos exploratórios objeto de devolução à Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), excluindo-se as áreas do Pré-Sal. Os blocos totalizam superfície superior a 718 mil quilômetros quadrados.

Economia