PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Boeing está 'avançando muito' na questão do 737 Max, diz Trump

O 737 Max, modelo da fabricante de aviões, está proibido de voar após dois acidentes fatais - Divulgação
O 737 Max, modelo da fabricante de aviões, está proibido de voar após dois acidentes fatais Imagem: Divulgação

Eduardo Gayer

Em São Paulo

02/07/2020 12h41

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou hoje em coletiva de imprensa que a Boeing está "avançando muito" na questão do 737 Max, modelo da fabricante de aviões proibido de voar após dois acidentes fatais.

A empresa está realizando ajustes na aeronave para que companhias aéreas possam retomar operações com o modelo.

"Estamos 'apagando incêndio' de algumas aéreas 'em chamas' e isso está funcionando bem", completou o republicano.

Mais cedo, o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, anunciou que cinco companhias aéreas americanas já contraíram empréstimos junto ao governo dos Estados Unidos por meio da Lei Cares, e que há negociações em curso junto a outras empresas.