PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Benchimol, presidente da XP, estampa pela 2ª vez fachada da Nasdaq

Fernanda Guimarães e Cynthia Decloedt

17/07/2020 17h25

Em menos de um ano, o fundador e presidente da XP Investimentos, Guilherme Benchimol, teve sua imagem pela segunda vez estampada na tradicional fachada do prédio na Nasdaq, em Nova York, onde a maior plataforma do País abriu seu capital no final do ano passado. Nesta sexta-feira, 17, o fechamento da bolsa norte-americana, o "closing Bell", ocorreu em comemoração ao evento da XP, o Expert. Feito neste ano de forma totalmente online, por conta da pandemia, o evento já somou com três milhões de participantes.

O toque do sino ocorreu logo após a presidente da Nasdaq, Adena Friedman, participar de um painel da Expert. Nele, a executiva disse que as empresas brasileiras estão considerando abrir capital na Nasdaq, ao perceberem que pode ser interessante o reconhecimento global ao se listarem em uma bolsa norte-americana.

A XP Inc abriu o seu capital na Nasdaq no fim do ano passado, quando Benchimol apareceu no telão "vestido" com a bandeira do Brasil. Depois disso, em meio à pandemia, realizou um follow on bilionário, neste mês. Recentemente, Stone, Afya e Arco Educação também escolheram a Nasdaq para realizar suas ofertas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês). Ainda para este mês, a Vasta, da Cogna, também abrirá seu capital na Nasdaq.

Fredman disse ter ficado surpresa com a movimentação de ofertas de ações (IPOs na sigla em inglês). "Muitas companhias aceleraram suas estratégias, mas o ano começou forte", pontuou, citando que até agora foram levantados US$ 21 bilhões por meio de oferta de ações na Nasdaq.

A executiva citou também que a experiência digital no lançamento das ofertas foi tão positiva que seria possível imaginar não voltar aos modelos anteriores. "Investidores estão ficando acostumados com isso, acho que foi uma experiência importante, parece que não voltaremos ao passado".