PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Maia nega que adiamento de comissão de reforma seja por divergência de mérito

Camila Turtelli

Brasília

30/07/2020 22h20

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou que haja divergência entre as propostas em tramitação sobre a reforma tributária no Congresso. Uma reunião sobre a retomada da comissão mista que trata do tema deveria ter sido realizada nesta quinta-feira, 30, mas foi adiada para a próxima terça-feira.

"Não há divergência entre as propostas, a PEC 45, a 110 e o projeto de lei do governo, eles tratam do mesmo conteúdo", disse ele em entrevista à CNN Brasil, quando questionado sobre o tema. "Tivemos hoje várias reuniões. As coisas estão caminhando. O importante é se comunicar com a sociedade", disse.

Lava Jato.

Ainda durante a entrevista, Maia rechaçou a ideia de abrir uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) sobre a Lava Jato na Câmara. Há alguns pedidos nesse sentido no parlamento. "Nesse momento não faz nenhum sentido entrarmos nesse debate", disse ele lembrando da crise atual devido à covid-19.