PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Câmara inicia votação da MP do setor elétrico, mas governo tenta derrubar votação

Líder do Podemos na Câmara, Léo Moraes (RO) - Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Líder do Podemos na Câmara, Léo Moraes (RO) Imagem: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Camila Turtelli e Amanda Pupo

Do Estadão Conteúdo, em Brasília

05/08/2020 15h34

A Câmara iniciou a votação da medida provisória (MP) 950, do setor elétrico. O governo, no entanto, tenta derrubar a proposta com pedidos de retirada de pauta. A MP perde a validade hoje.

Em último esforço para que a MP seja aprovada o deputado Léo Moraes, líder do Podemos, apresentou nesta quarta-feira novas modificações em seu relatório, já que suas sugestões não foram bem recebidas pelo governo.

A MP instituiu a isenção temporária na conta de luz de famílias de baixa renda em razão da pandemia até junho, além de abrir caminho para a operação de socorro às distribuidoras, conhecida como Conta-Covid.

No governo, a avaliação é de que não haverá prejuízos aos empréstimos para o setor caso o texto prescreva, já que o assunto já está regulamentado por decreto e resolução da Aneel. Além disso, o período de isenção na conta de luz já se encerrou no fim de junho.