PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cotações

Moody's: covid desestabiliza padrões de consumo e gera volatilidade no petróleo

Bombeamento de petróleo em Midland, Texas (EUA) - NICK OXFORD
Bombeamento de petróleo em Midland, Texas (EUA) Imagem: NICK OXFORD

Gabriel Bueno da Costa

São Paulo

24/08/2020 12h42

A Moody's afirma que a pandemia da covid-19 desestabiliza padrões de consumo de energia de longa data, aumentando a volatilidade dos preços para o petróleo e gás.

A agência lembra em relatório o fato de que a pandemia provocou forte queda nos preços da commodity, o que amplificou disparidades entre companhias "fortes e fracas" no setor de energia.

Segundo a Moody's, preços baratos de combustível não devem impulsionar a demanda por produtos refinados. Ela também comenta que a recuperação do setor de petróleo e gás dependerá de um aumento gradual na demanda, conforme a atividade reaja, "particularmente na China, no Sudeste Asiático e nos EUA".

"A recuperação deve ser desigual", prevê a agência, o que trará distúrbios para os padrões de consumo de energia no longo prazo e maior volatilidade nos preços.

A Moody's projeta que a receita das companhias nacionais de petróleo devem se recuperar "ao longo de dois a três anos", embora isso dependa do ritmo do retorno da atividade e de eventuais ações políticas após a covid-19 adotadas por seus governos.

"Os preços baratos de combustível não irão fomentar a demanda por produtos refinados, porém, com a demanda maior dependendo do crescimento econômico e da força dos mercados para certos produtos refinados", comenta.

Cotações