PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Levantamento de preços de combustíveis e GLP está suspenso até 7/9, diz ANP

Fernanda Nunes

Rio

25/08/2020 13h27

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) interrompeu no último domingo, 23, o levantamento de preços dos combustíveis automotivos e de gás liquefeito de petróleo (GLP), que permanecerá suspenso até o dia 7 de setembro. No dia 14, novos dados serão publicados, retroativos ao dia 8.

Isso está acontecendo porque foi encerrado o contrato com a empresa responsável pela pesquisa de preços e o novo contrato ainda não está valendo. Com a mudança, o formato da divulgação também será alterado.

A nova pesquisa utilizará um formulário eletrônico para capturar a geolocalização do pesquisador, com data e hora, e solicitar a inclusão de fotos do posto e do painel de preços. Com isso, a agência espera tornar o levantamento de preços mais confiável.

Além disso, a pesquisa não vai mais captar os preços pagos pelos postos às distribuidoras. A ANP diz que as resoluções 729/2018 e 795/2019 já obrigam os distribuidores a fornecerem esses dados por meio do Sistema de Movimentação de Produtos (SIMP) e que esses dados passarão a ser divulgados em seu portal.

A abrangência geográfica da pesquisa, que inclui 459 localidades, continuará a mesma, assim como a periodicidade semanal e o número de postos, cerca de 6 mil, e revendas de GLP, cerca de 4,4 mil, pesquisados por semana.

Pelo novo contrato, a expansão das amostras da pesquisa será gradual. Na primeira etapa, o levantamento abrangerá, pelo menos, as 26 capitais estaduais e o Distrito Federal, até que, ao longo de oito etapas, atinja as 459 localidades totais.