PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Indústria elétrica e eletrônica contratou 4,5 mil trabalhadores, diz Abinee

Francisco Carlos de Assis

São Paulo

27/08/2020 16h17

O processo de retomada da indústria elétrica e eletrônica encontra ressonância no número de empregados do setor, que aumentou em 4,5 mil vagas no mês de julho, informou ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) nesta quinta-feira, 27, a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Com as contratações de julho, o quadro de empregados do setor subiu para 232,6 mil trabalhadores.

Julho marcou o segundo aumento consecutivo no nível de emprego na indústria elétrica e eletrônica, observou o presidente-executivo da Abinee, Humberto Barbato.

"Assim como vêm mostrando os demais indicadores do setor, o nível de emprego apresenta um crescimento consistente e sugere que o pior já passou", afirmou Barbato.

Ele destaca que abril foi o mês mais afetado pelos impactos da pandemia do coronavírus, quando a indústria eletroeletrônica reduziu seu quadro em quase 9 mil postos de trabalho.

Segundo os dados, o total de trabalhadores do setor eletroeletrônico em julho de 2020 ainda é inferior ao verificado em julho de 2019, quando o setor empregava 237,2 mil, e ao do final do ano passado, que era de 234,5 mil).

Barbato ressalta, porém, que a recuperação da atividade já está ocorrendo mesmo com o comércio tendo retornado parcialmente e com o consumidor ainda receoso. "Mas estamos otimistas e acreditamos que em mais 60 dias recuperaremos os níveis de emprego anteriores à pandemia", disse.