PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

BC adia divulgação de dados sobre endividamento das famílias

Brasília

Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

28/09/2020 10h44

O Banco Central adiou a divulgação de dados referentes ao endividamento e ao comprometimento de renda das famílias brasileiras, em função de alterações de datas promovidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nas Estatísticas de Crédito publicadas nesta segunda-feira pelo BC, constam os dados referentes a junho, já divulgados no mês passado, e não os dados de julho.

Por meio de nota, o BC explicou que "as séries mensais dos indicadores de endividamento e de comprometimento de renda das famílias referentes às datas-bases de julho a dezembro de 2020, publicadas na tabela 31 da Nota para a Imprensa - Estatísticas Monetárias e de Crédito e no Sistema Gestor de Séries Temporais (SGS), passarão a ser divulgadas conforme um calendário específico".

Isso ocorre devido a novas datas de publicação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua) do IBGE.

"Essas novas datas de divulgação da PNAD Contínua tornaram necessário o adiamento da publicação dos indicadores de endividamento e de comprometimento, em função da utilização do indicador de massa salarial, divulgado por aquela pesquisa, em sua apuração", esclareceu o BC.

Na prática, os dados referentes a julho - que seriam divulgados hoje - estarão disponíveis apenas na divulgação do fim de outubro das Estatísticas de Crédito.