PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Expedição de papelão ondulado atinge maior nível da série em setembro, diz ABPO

Daniele Madureira, especial para a AE

São Paulo

03/11/2020 10h43

A Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO) informou no seu Boletim Estatístico Mensal, divulgado nesta terça-feira, 3, que a expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado somou 351.748 toneladas em setembro de 2020, volume 15,6% superior em relação ao mesmo mês em 2019. Trata-se de um novo recorde de expedição e maior nível entre os meses de setembro, desde janeiro de 2005, diz a ABPO.

Mesmo com um dia útil a mais do que o ano anterior, o mês de setembro de 2020 apresentou uma produção por dia útil 11% superior, atingindo 14.070 t/d.u., maior nível desde o início dessa série histórica, informa a ABPO.

De acordo com a associação, o terceiro trimestre deste ano aponta um crescimento de 10,3% na comparação anual, superando assim a queda observada no segundo trimestre, por conta dos impactos da pandemia na atividade econômica.

Considerando os dados livres de influência sazonal, a expedição de papelão ondulado subiu 2,5% em setembro, para 343.593 toneladas, maior nível da série histórica, e 7,4% superior ao último recorde em junho de 2018, mês de recuperação da greve dos caminhoneiros.

Em termos trimestrais, o volume expedido no terceiro trimestre foi de 1.007.007 toneladas, o maior trimestre desde 2005 e 15,9% maior do que o trimestre anterior, nos dados ajustados sazonalmente.