PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Setor de serviços avança 1,8% em setembro, mas cai 7,2% em um ano, diz IBGE

Salão de beleza em São Paulo - Van Campos/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Salão de beleza em São Paulo Imagem: Van Campos/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Vinicius Neder

Rio

12/11/2020 09h29

O volume de serviços prestados subiu 1,8% em setembro ante agosto, na série com ajuste sazonal, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, informou hoje o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Não houve revisões no resultado de agosto ante julho, quando a alta foi de 2,9%.

O resultado de setembro veio dentro das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, do sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, que iam de uma alta de 0,5% a 3,7%, e ligeiramente acima da mediana, de +1,6%.

Na comparação com setembro do ano anterior, houve queda de 7,2% em setembro de 2020, já descontado o efeito da inflação. Nessa comparação, as previsões eram de retração entre 9,50% e 5,2%, com mediana negativa de 7,9%.

A taxa acumulada no ano foi de redução de 8,8%. Em 12 meses, os serviços acumulam queda de 6,0%. A receita bruta nominal do setor de serviços subiu 2,0% em setembro ante agosto. Na comparação com setembro de 2019, houve recuo de 7,5% na receita nominal.