PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Guedes: se insumos nacionais não chegarem, vamos abrir para importações

Eduardo Laguna e Eduardo Rodrigues

São Paulo e Brasília

03/12/2020 18h06

Diante da insuficiência de matérias-primas apontada por diversos setores industriais, o ministro da Economia, Paulo Guedes, colocou nesta quinta-feira, 3, a possibilidade de o governo abrir a economia a importações para assegurar o abastecimento de insumos.

Durante encontro promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Guedes disse que a indústria não vai parar por problema de abastecimento e informou que o governo não descarta medidas de abertura a importados.

"Estamos com a possibilidade de abrir a economia mais rápido, abrindo a comporta das importações se isso o suprimento nacional demorar a voltar", afirmou o titular do ministério da Economia.

Guedes, porém, tratou o assunto como um problema pontual, relacionado à retomada mais rápida do que se esperava da economia. Referindo-se à falta de insumos siderúrgicos nas fábricas, o ministro disse que os altos-fornos foram religados, mas leva-se um tempo até que eles alcancem a capacidade que vem sendo demandada por setores consumidores de aço.

"É melhor estar com um problema de demanda forte e procurando insumo do que o contrário, de falta de demanda e sobra de estoque", ponderou Guedes.