PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

BCE recomenda a bancos limitar distribuição de dividendos e recompra de ações

Gabriel Caldeira

São Paulo

15/12/2020 16h47

O Banco Central Europeu (BCE) pediu que bancos considerem limitar as distribuições de dividendos e recompras de ações, ou mesmo suspender estas operações, até 30 de setembro de 2021, em carta assinada pelo presidente do Comitê de Supervisão da entidade, Andrea Enria, e enviada a instituições nesta terça-feira.

O BCE prevê que os dividendos devem permanecer abaixo de 15% dos lucros acumulados em 2019-20 e não superiores a 20 pontos base do índice CET1. Para a entidade, bancos que pretendem pagar dividendos ou recomprar ações "devem ser lucrativos e ter trajetórias de capital robustas".

Segundo o BCE, a recomendação mira proteger a capacidade das instituições financeiras de absorver perdas e realizar empréstimos para sustentar a economia europeia, que passa pela segunda onda de covid-19. A entidade ainda afirmou que os bancos devem continuar a usar suas reservas de capital e liquidez para empréstimos e absorção de perdas.

"O BCE não exigirá que os bancos comecem a reabastecer suas reservas de capital antes que o nível máximo de perdas seja atingido", esclareceu o órgão.

Na carta, o BCE ainda reiterou sua expectativa de que os bancos adotem "moderação extrema" quanto à remuneração variável durante o mesmo período da recomendação aos dividendos e recompra de ações. A entidade ainda espera que supervisores nacionais adotem posição similar para as instituições financeiras locais.