PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

México: BC mantém taxa básica em 4,25%, citando inflação e cenário incerto

Gabriel Caldeira

17/12/2020 16h48

O Banxico, banco central do México, decidiu manter sua taxa básica de juros em 4,25% ao ano, após decisão de política monetária divulgada nesta quarta-feira, 17. Foram citadas como razões para a manutenção da taxa as incertezas envolvendo a inflação no país e a meta do Banxico de diminuí-la do atual nível de 3,33% para 3% até o fim do ano. A decisão, contudo, não foi unânime, e 2 dos 5 membros do conselho administrativo do Banxico votaram por cortar a taxa de juro em 0,25%, a 4,00% ao ano.

A entidade ainda comentou que a atividade global tem se recuperado, mas de maneira heterogênea entre países e setores. No caso do México, a economia continuou a se recuperar no início do quarto trimestre de 2020, seguindo movimento do trimestre anterior, mas ainda aquém dos níveis pré-pandêmicos, esclareceu o Banxico em documento publicado no site da instituição.

Segundo a autoridade monetária, o peso mexicano foi apreciado no período após a última decisão de política monetária do Banxico, "enquanto as taxas de juro de curto prazo registraram movimentos limitados e as de mais longo prazo diminuíram".