PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

John McAfee, criador do antivírus, morre na prisão

Redação, O Estado de S.Paulo

24/06/2021 08h15

Um dos mais controversos personagens do mundo da tecnologia está morto. O pioneiro dos programas de antivírus John McAfee foi encontrado sem vida ontem, em uma prisão em Barcelona, na Espanha - a informação foi confirmada pelo Departamento de Justiça catalão.

As autoridades espanholas acreditam que o empresário, de 75 anos, se matou após a decisão judicial da última segunda-feira, 21, que autorizava a extradição de McAfee para os EUA, onde iria cumprir pena pelo crime de evasão fiscal. Segundo as autoridades, McAfee foi encontrado enforcado. Uma autópsia está em andamento para confirmar a causa do óbito.

Prisão

Procurado pela Interpol com código vermelho (o mais alto da polícia internacional), McAfee foi preso em outubro de 2020 quando estava prestes a embarcar em um voo para Istambul com um passaporte britânico. As forças policiais haviam encontrado o empresário depois que ele publicou uma foto nas redes sociais que teria denunciado sua localização.

Autoridades dos EUA afirmam que McAfee sonegou impostos e não informou ganhos de milhões de dólares por meio da promoção de criptomoedas, trabalho de consultoria e venda de direitos sobre a história de sua vida para um documentário. O órgão de regulação do mercado de capitais dos Estados Unidos, a SEC, o acusa de ter levantado US$ 23,1 milhões com recomendações enganosas sobre criptomoedas.

Em entrevista ao jornal espanhol El Diario, McAfee havia descrito sua rotina na penitenciária em Barcelona: "A vida nas prisões espanholas é como o (hotel) Hilton comparada ao surrealismo abjeto e à desumanização das americanas. Aqui eles me tratam como um ser humano." (COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.