PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Guedes entrega proposta de reforma tributária que altera IR a Lira

Anne Warth e Lorenna Rodrigues

Brasília

25/06/2021 11h29

O ministro da Economia, Paulo Guedes, entregou na manhã desta sexta-feira, 25, proposta da reforma tributária que reformula o Imposto de Renda (IR) ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Participaram também os ministros da Casa Civil. Luiz Carlos Ramos, e a ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda.

O projeto é apontado pela equipe econômica como a segunda fase da reforma tributária do governo, que tem por objetivo simplificar o cipoal do sistema tributário brasileiro. A primeira fase já está no Congresso desde o ano passado, sem a indicação de relator até agora, e prevê a criação da Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), que vai unificar o PIS/Cofins.

A proposta que será apresentada aumentou o limite de isenção, hoje em R$ 1,9 mil para R$ 2,5 mil. Além disso, para compensar a perda de arrecadação com a isenção do imposto para um número maior de contribuintes, o governo propôs a taxação de lucros e dividendos que as empresas pagam para os seus acionistas como remuneração. O governo reduziu ainda em 5 pontos a taxação do IR das empresas, que vai cair de 25% para 22,5% em 2022 e para 20% em 2023.

A ministra disse acreditar que o texto vai começar a tramitar na Câmara em breve. "O texto da reforma é fundamental. Agradeço aos presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que darão celeridade ao texto", disse Flávia Arruda. "Temos um compromisso dos presidentes para que a tramitação inicie antes do recesso legislativo."

Ramos, por sua vez, disse que o dia é histórico. "Temos muita esperança de que a reforma tributária será aprovada", disse.