PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Kim Kataguiri reúne apoio para emendas antiprivilégio à reforma administrativa

O parlamentar tenta incluir carreiras que o Executivo não colocou no texto original, como membros do poder judiciário, Ministério Público e políticos - Najara Araújo/Câmara dos Deputados
O parlamentar tenta incluir carreiras que o Executivo não colocou no texto original, como membros do poder judiciário, Ministério Público e políticos Imagem: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Camila Turtelli

Brasília

29/06/2021 19h03

Avançou na Câmara a possibilidade de se incluir demais poderes na reforma administrativa. O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) conseguiu as 171 assinaturas necessárias para apresentar suas emendas antiprivilégio à proposta de reformulação do RH do Estado. O parlamentar tenta incluir carreiras que o Executivo não colocou no texto original, como membros do poder judiciário, Ministério Público e políticos (detentores de cargos eletivos), cortando privilégios dessas carreiras, como férias superiores a 30 dias.

O deputado alcançou o número mínimo de apoiamento na data limite para apresentar os pedidos de alteração à comissão especial da Câmara que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Hoje era o último dia para isso, caso não haja um pedido de prorrogação.

Por outro lado, caso não tivesse conseguido, o relator, deputado Arthur Maia (DEM-BA), estava disposto a incluir as sugestões de Kataguiri no texto. "Quero antecipar que, se por acaso, ele (Kim) não conseguir as assinaturas, na condição de relator, eu pretendo absorver essa emenda", disse Arthur Maia em entrevista à GloboNews no dia último 14. "Estamos sim trabalhando para que todos entrem na reforma administrativa."