PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

'Consenso é a coluna vertebral do Mercosul', diz Alberto Fernández

Célia Froufe e Lorenna Rodrigues

Brasília

08/07/2021 12h11

Em meio a uma série de rusgas entre os líderes do Mercosul, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, iniciou seu discurso na abertura da reunião de cúpula do grupo afirmando que os chefes de Estado têm a responsabilidade histórica de fortalecer o bloco. O encontro está sendo feito de forma virtual com transmissão pela Argentina, anfitriã atual, devendo passar hoje a presidência pro-tempore para o Brasil. "Queremos um consenso. O consenso é a coluna vertebral do Mercosul", considerou Fernández nesta quinta-feira, 8.

Durante sua fala, o presidente argentino defendeu "mais diálogo e mais solidariedade" entre os sócios do bloco. Fernández disse ainda que o bloco precisa ser visto como uma entidade comum e com perspectiva de futuro. "Com a pandemia, houve uma reorganização das cadeias de valor", afirmou, acrescentando que o Mercosul valoriza o multilateralismo. "O resultado desse processo não será a reversão da globalização, mas o surgimento de uma economia mais regionalizada", previu. "Cremos que haverá mais integração regional", continuou.

É preciso, segundo ele, avançar em uma estratégia comum do grupo, principalmente em relação ao fornecimento de alimentos para o mundo. "Podemos agregar valor e gerar cada vez mais melhores trabalhos para nossas sociedades." A integração necessária, de acordo com o presidente, precisa promover um desenvolvimento econômico e social com a melhora da qualidade de vida os povos da região.