PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

RN, SP e PB têm mais projetos vencedores nos leilões de energia A-3 e A-4

Denise Luna

Rio

09/07/2021 17h00

Rio Grande do Norte, São Paulo e Paraíba foram os Estados com mais projetos vencedores nos leilões de energia elétrica realizados ontem, 8, pelo governo, com previsão de entrega de energia para 2024 (A-3) e para 2025 (A-4), informou a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), responsável pela organização dos certames.

De acordo com a EPE, os leilões vão viabilizar investimentos totais de R$ 4 bilhões nos próximos anos.

Foram vencedores projetos somando 312 megawatts (MW) no Rio Grande do Norte, 131 MW em São Paulo e 100 MW na Paraíba.

Segundo a autarquia, apenas 51% dos 1.501 projetos cadastrados foram habilitados para participar do leilão A-3, e 52% dos 1.787 no caso dos cadastrados no A-4. Ao todo, o leilão ofertou 28.120 MW no A-3 e 33.863 MW no A-4.

A falta de margem de escoamento de energia foi o principal motivo para a inabilitação dos projetos, correspondendo a 56% dos casos, enquanto 28% dos cortes foram causados por falta de licença ambiental, e 27% por não comprovação de terreno para instalação.

O leilão A-3 contratou 547,39 megawatts (MW) de potência instalada, com preço médio de R$ 165,11 por MW-hora (MWh), com deságio de 30,83%; e o A-4, 437,32 MW, com preço médio de R$174,62/ MWh e deságio de 28,82%.