PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Abimaq: faturamento líquido total do setor recuou 0,1% em junho ante maio

Francisco Carlos de Assis

São Paulo

28/07/2021 14h42

O faturamento líquido do setor industrial de máquinas e equipamentos em junho registrou ligeiro recuo de 0,1% na comparação com maio, informou nesta quarta-feira, 28, a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

No confronto com o mesmo mês do ano passado, o faturamento do setor em junho cresceu 45,4%. Com isso, o faturamento no ano, até junho, cresceu 40,3%, passando a acumular no período de 12 meses alta de 27,9%.

Consumo aparente

O consumo aparente do setor de máquinas e equipamentos recuou 5,1% em junho em relação a maio, quando havia subido 5,2% na comparação com abril.

Denomina-se consumo aparente de um bem o total da sua produção adicionada das importações e subtraída das exportações.

Na comparação com junho do ano passado, o consumo aparente do setor cresceu 42,1%. Em maio ante abril o consumo aparente já havia avançado 37,5%. No acumulado do ano até junho, o consumo aparente do setor cresceu 24,8% e em 12 meses avançou 19,7%.

Exportações

As exportações de máquinas e equipamentos em junho cresceram 6,2% comparativamente a maio. No confronto com junho do ano passado, os embarques de máquinas e equipamentos para fora do Brasil cresceram 66,9%.

No ano, de janeiro a junho, o setor exportou 21,7% a mais que no mesmo período do ano passado. Já no acumulado de 12 meses encerrados em junho, as exportações recuaram 3,7%.

Na mão contrária, a das importações, o setor de máquinas e equipamentos registrou uma queda de 4,9% em junho ante maio. No comparativo de junho com o mesmo mês do ano passado as importações cresceram 72,1%.

No acumulado do ano, de janeiro a junho, as importações de máquinas e equipamentos cresceram 12,1% sobre o mesmo período em 2020. Em 12 meses verifica-se uma queda de 2,1%.

Emprego

O número de empregados com carteira assinada na indústria de máquinas e equipamentos em junho cresceu 1,1% sobre maio, segundo a Abimaq e fechou o mês com 356,829 mil trabalhadores fixados em seus quadros. Na comparação com junho do ano passado, o nível de emprego no setor cresceu 20,8%.

Com isso, a indústria de máquinas e equipamentos passou a acumular no ano, de janeiro a junho, um crescimento de 6,5% no seu quadro de funcionários. No período de 12 meses, comparados com o mesmo período encerrado em junho de 2020, o setor acumula uma alta de 8,8% na admissão de trabalhadores.

PUBLICIDADE