PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Volta do horário de verão está fora do radar, diz ministro

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse que medida não traz benefício para setor elétrico - Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse que medida não traz benefício para setor elétrico Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Marlla Sabino

30/07/2021 15h37

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou hoje que a volta do horário de verão está fora do radar da pasta. Segundo ele, o mecanismo, extinto pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em abril de 2019, não traz nenhum benefício para o setor elétrico e para redução do consumo de energia.

"O horário de verão não traz nenhum benefício em termos de economia para o consumo de energia. O pico de energia, que no passado era no final do dia, e aí fazia sentido sim o horário de verão, é por volta de 14h e 15h", disse em entrevista à Rádio CNN. "No aspecto do setor de energia, não há nenhum movimento para que se retorne o horário de verão", afirmou.

A situação dentro do governo, porém, parece ser diferente. Pressionado pela crise hídrica e por diversos setores, o governo decidiu reavaliar os impactos do horário de verão. Segundo o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Carlos Ciocchi, o MME pediu ao órgão que atualizasse os estudos sobre os efeitos do mecanismo no consumo de energia.

O horário de verão foi extinto pelo presidente Jair Bolsonaro em abril de 2019. O estudo usado como argumento pelo governo apontava que mudanças nos hábitos do consumidor e o avanço da tecnologia reduziram a relevância da economia de energia ao longo dos anos, principalmente pela popularização dos aparelhos de ar condicionado.

O tema voltou a ser debatido após entidades e associações empresariais de diversos setores encaminharem pedido ao governo federal pelo retorno do horário de verão. Especialistas em setor elétrico ouvidos pelo Estadão/Broadcast também defendem a volta da medida, que poderia reduzir, mesmo que pouco, o consumo de energia.

PUBLICIDADE