PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

INCC-M desacelera a 0,56% em agosto, após 1,24% em julho, revela FGV

Guilherme Bianchini

São Paulo

26/08/2021 08h42

O Índice Nacional de Custos da Construção - M (INCC-M) desacelerou de 1,24% em julho para 0,56% em agosto, informou nesta quinta-feira, 26, a Fundação Getulio Vargas (FGV). A inflação somada em 12 meses pelo índice arrefeceu de 17,35% em julho para 17,05% em agosto. O INCC-M acumula alta de 11,37% em 2021, segundo a FGV.

A desaceleração do indicador foi puxada pelo alívio do subíndice de Materiais, Equipamentos e Serviços, que passou de 1,37% em julho para 1,10% em agosto, com destaque para materiais para estrutura (1,85% para 1,05%). Materiais para acabamento também desaceleraram, de 1,44% para 1,16%, ao passo que materiais para instalação (0,28% para 0,46%) e equipamentos para transporte de pessoas (2,42% para 3,37%) avançaram.

Já o grupo Serviços acelerou de 0,65% para 0,78%, influenciado por aluguel de máquinas e equipamentos (0,61% para 1,37%). Os serviços técnicos (0,92% para 1,08%) também ampliaram a alta dos preços, mas os serviços pessoais arrefeceram, de 0,71% para 0,53%.

O subíndice de Mão de Obra teve variação nula em agosto (0,0%), após registrar alta de 1,12% em julho. Todas as aberturas (auxiliar, técnico e especializado) ficaram estáveis.

PUBLICIDADE