PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Ritmo de recuperação no mercado de trabalho supera expectativas, diz Powell

André Marinho e Gabriel Bueno da Costa

São Paulo

27/08/2021 13h33

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, avaliou nesta sexta-feira, durante discurso no Simpósio de Jackson Hole, que o ritmo da recuperação no mercado de trabalho dos Estados Unidos "superou as expectativas". Segundo ele, a criação de empregos agora é mais acelerada do que antes da pandemia da covid-19.

Ao mesmo tempo, o presidente do Fed admitiu que "ainda temos um longo caminho a seguir até alcançar o pleno emprego".

Nesse contexto, Powell argumentou que as medidas de apoio adotadas alimentaram uma recuperação "vigorosa, mas desigual".

Em outro momento de sua fala, ele considerou que a recuperação "tem sido difícil". Em um quadro ainda de "fraqueza" no emprego, um aperto monetário prematuro poderia ser prejudicial, disse.

Além disso, Powell advertiu contra um aperto monetário em resposta a fatores transitórios, lembrando que isso poderia desacelerar a economia.

Gargalos na cadeia produtiva

A força da demanda por bens e o impulso da reabertura têm levado a carências de alguns produtos e a gargalos na cadeia produtiva dos Estados Unidos, com o lado da demanda, afetado em parte pela covid-19, sem condições de atender à oferta, avaliou o presidente do Federal Reserve.

Powell disse que o resultado disso tem sido inflação elevada sobre bens duráveis, um setor que havia passado por inflação anual "bem abaixo de zero ao longo do último quarto de século", notou.

Ele afirmou, contudo, que os dados sugerem que os desequilíbrios entre a oferta e a demanda arrefecem, o que provoca perda de fôlego na inflação dos bens duráveis.

O dirigente comentou ainda que as condições no mercado de trabalho dos EUA melhoraram, mas "seguem turbulentas", no contexto atual.

PUBLICIDADE