PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Tarcísio: Temos argumentos jurídicos para rebater decisão que impede Ferrogrão

Thaís Barcellos e Francisco Carlos de Assis

São Paulo, 31

31/08/2021 17h22

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que o governo tem argumentos jurídicos para rebater a decisão monocrática do Supremo Tribunal Federal (STF) que impede o andamento do projeto da Ferrogrão, ferrovia que poderia impulsionar o escoamento de grãos pelos portos do Norte do País. "A Ferrogrão vai acontecer, é um caminho sem volta, é uma questão de quando", disse, no Fórum de Economia CNN.

Em março, o ministro da Corte Alexandre de Moraes concedeu liminar para a suspensão do projeto, sob o argumento de que causaria danos ambientais, mas ainda não pautou a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) para deliberação no plenário.

Segundo o ministro, a área do Parque de Jamanxim que seria afetado pela construção é 0,05% da área atual e a concessão da ferrovia poderia prever compensação. Além disso, citou que o projeto vai tirar muitos caminhões da rua e diminuir a emissão de gás carbônico.

O sócio da Pátria Investimentos Felipe Pinto também afirmou que o projeto da Ferrogrão é viável e sustentável, embora seja complexo. "Temos muita convicção de que a exportação de grãos pelo Norte do País é um caminho sem volta."

PUBLICIDADE