PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Default da dívida traria colapso financeiro e recessão nos EUA, diz Yellen

Gabriel Bueno da Costa

São Paulo

28/09/2021 16h43

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, voltou a apelar ao Congresso para que aprove logo a elevação do teto da dívida federal, a fim de evitar a paralisação parcial ("shutdown") do governo. Durante discurso em evento anual da Associação Nacional para Economia de Negócios (NABE, na sigla em inglês), ela alertou que um default da dívida dos EUA provocaria um "colapso financeiro histórico" e uma recessão.

Yellen lembrou que o Congresso precisará decidir sobre o tema nos próximos dias.

Pouco antes da fala da secretária do Tesouro, o líder da maioria democrata no Senado, Chuck Schumer, falou que colocará a proposta para elevar o teto da dívida em votação ainda nesta terça-feira. A oposição republicana, porém, tem resistido a colaborar.

Em sua fala, a secretária do Tesouro também defendeu a política econômica do presidente Joe Biden, com projetos para maior investimento em infraestrutura e outras medidas que, segundo ela, poderão apoiar o crescimento futuro no país, preparando-o para um mundo mais digital e com maior foco na economia verde. "Não temos investido o suficiente em tecnologia e em bons empregos para lidarmos com as mudanças climáticas", afirmou.

Yellen também defendeu a adoção de um imposto corporativo global. Segundo ela, isso permitirá que se evite uma guerra fiscal entre nações. A autoridade argumentou que isso é positivo para as próprias empresas, pois com o valor coletado os países poderão investir mais em infraestrutura e na melhor formação da força de trabalho.

PUBLICIDADE