PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Dirigente do BCE reafirma visão de que alta inflação é 'transitória'

Gabriel Caldeira

São Paulo

07/10/2021 13h39

Dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Isabel Schnabel reafirmou que a alta inflação recente na zona do euro é provocada majoritariamente por fatores transitórios que devem se dissipar no médio prazo, durante evento co-organizado pelo BC comum e pela distrital de Cleveland do Federal Reserve (Fed) nesta quinta-feira.

Desta forma, a banqueira central argumentou que seria "prejudicial" se o BCE reagisse de forma "exagerada" às pressões temporárias. "Há pouca evidência de que as altas leituras de inflação estão se impregnando", justificou.

Ainda assim, Schnabel disse que há "incertezas" quanto a alguns fatores que podem seguir provocando altas nos preços no futuro.

Entre eles, ela destacou os gargalos na cadeia de suprimentos, que têm potencial de ter impactar a inflação a longo prazo.

A dirigente também citou a reabertura da economia após a fase mais aguda da pandemia de covid-19, que puxou os preços do setor de serviços na Europa. Por isso, "é prematuro assumir que todos os preços vão diminuir inteiramente em 2022", argumentou Schnabel.

PUBLICIDADE