PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Emissões de bancos dos EUA atingem maior valor desde 2008

Dow Jones Newswires

Nova York

26/10/2021 17h48

Os seis maiores bancos dos EUA emitiram cerca de US$ 314 bilhões em títulos até agora neste ano, o maior valor desde 2008, de acordo com a Dealogic. Após a divulgação dos balanços do terceiro trimestre no início deste mês, os bancos Goldman Sachs, Morgan Stanley e Bank of America anunciaram vendas multibilionárias de títulos.

Os bancos estão desempenhando papel importante ao impulsionar o mercado de títulos corporativos, que, de outra forma, teria desacelerado. As instituições financeiras são os emissores por trás de mais de um terço da dívida com grau de investimento dos EUA até agora neste ano, de acordo com a Dealogic, a maior participação da série histórica.

As vendas recordes de dívidas podem parecer desnecessárias, já que os bancos reportam caixa positivo, tendo captado trilhões de dólares em depósitos desde o início da pandemia. Os depósitos, porém, são apenas uma parte da equação para os grandes bancos, que também são obrigados a manter uma certa parcela de seus passivos em dívidas de longo prazo. Por causa disso, a proporção da dívida em relação a outros passivos pode ficar desequilibrada quando os depósitos aumentam tanto. Assim, os bancos estão emitindo mais títulos para superar os obstáculos regulatórios.

Outro ponto interessante aos bancos que vendem dívidas é sua capacidade de travar custos de empréstimos baixos no longo prazo, o que ajudaria a impulsionar os lucros no futuro. No momento, porém, a demanda por empréstimos está fraca, pois durante a pandemia, consumidores reduziram gastos e receberam incentivos federais, que lhes deram dinheiro para pagar os saldos dos empréstimos.

PUBLICIDADE