PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Condições para elevar juros não devem ser alcançadas no futuro próximo, diz BCE

André Marinho e Gabriel Caldeira

São Paulo

28/10/2021 10h32

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, reiterou nesta quinta-feira a previsão de que as condições para justificar aumento de juros não devem ser alcançadas no "futuro próximo". Em coletiva de imprensa após decisão monetária, Lagarde disse que a recuperação da economia da zona do euro segue forte, embora o impulso tenha moderado "em algum grau".

"Não estamos a caminho de estagflação, pois recuperação ainda é forte", comentou a presidente do BCE.

De acordo com ela, os riscos as perspectivas econômicas estão "amplamente equilibrados", mas os gargalos na cadeia produtiva podem dificultar o cenário nos próximos trimestres.

"Gargalos na oferta só se resolverão após boa parte de 2022", disse Lagarde, acrescentando que a escassez de materiais e equipamentos tem "segurado" a retomada alguns setores.

Evolução dos salários

A presidente do Banco Central Europeu afirmou ainda que a instituição está atenta à evolução dos salários na zona do euro, mas que não espera um avanço significativo dos pagamentos.

Lagarde acrescentou que, na reunião, o Conselho do BCE não discutiu se pretende usar todo o volume de recursos previsto no Programa de Compra de Emergência (PEPP, na sigla em inglês) e que isso dependerá da evolução das condições financeiras.

"Visão majoritária é de que volume de compras de ativos importa mais que duração", disse ela.

PUBLICIDADE