PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

BC da Rússia eleva juro básico a 8,5% e sinaliza para possíveis novas altas

São Paulo

17/12/2021 08h11

O Banco da Rússia (BoR) aumentou a taxa básica de juros em um ponto porcentual, a 8,50% ao ano, em decisão de política monetária anunciada nesta quinta-feira. Em comunicado, a instituição deixou em aberto a possibilidade de novas altas nas próximas reuniões, caso a inflação siga em escalada em ritmo mais rápido do que o previsto.

Na nota, o banco afirma que o quadro econômico aponta para o avanço dos riscos inflacionários, em meio ao desequilíbrio entre oferta e demanda. O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) russo subiu 8,4% em novembro ante igual mês de 2020, bem acima da meta do BoR, de 4%.

Pelas estimativas da autoridade monetária, a inflação cairá à faixa de 4% a 4,5% na etapa final de 2022, onde deve permanecer no período subsequente. "As principais decisões sobre juros terão em conta os movimentos da inflação reais e esperados em relação ao objetivo e a evolução econômica ao longo do horizonte de previsão, bem como os riscos colocados pelas condições internas e externas e a reação dos mercados financeiros", destaca.

Sobre a economia, o BoR destaca que a atividade cresce em diversos setores, mas é restringida por gargalos na cadeia produtiva. De acordo com o banco, a situação pode se agravar a depender da disseminação de variantes do coronavírus e imposição da imposição de medidas restritivas.

PUBLICIDADE