PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Wellington Fagundes: CMO tentará realocar R$ 400 mi do fundo eleitoral para educação

Brasília, 20

20/12/2021 19h59

O senador Wellington Fagundes (PL-MT) afirmou que a Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso tentará redirecionar R$ 400 milhões do fundo eleitoral para a área da educação. Esses recursos seriam alocados para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) aplicar na conclusão de obras, como a construção de creches e escolas. De acordo com ele, contudo, os parlamentares ainda esperam uma proposta final do Ministério da Educação (MEC).

Em seu relatório final do Orçamento de 2022, apresentado nesta segunda-feira, 20, o relator, Hugo Leal (PSD-RJ), previu R$ 5,1 bilhões para as campanhas eleitorais do ano que vem, mas parlamentares discutem reduzir esse montante.

"A grande preocupação do MEC também era exatamente com os recursos para a contratação de profissionais para o ano que vem, porque isso está há dois anos represado. Muitos se aposentaram, faleceram, então tem a necessidade dessa contratação", afirmou Fagundes. "Os recursos estão sendo definidos para realocar nessa área."

O relatório da peça orçamentária apresentado por Hugo Leal prevê um aumento de R$ 2,3 bilhões para a área da educação em 2022. Segundo Fagundes, o objetivo da CMO é elevar esse montante para R$ 4,5 bilhões. Além dos R$ 400 milhões que poderiam vir do fundo eleitoral, portanto, faltaria R$ 1,8 bilhão, mas o senador não especificou de onde mais poderiam sair os recursos.

PUBLICIDADE