PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Cooperativas do PR movimentaram R$ 152,5 bilhões em 2021, alta de 32% ante 2020

São Paulo

31/12/2021 13h03

As cooperativas do Paraná movimentaram R$ 152,5 bilhões em 2021, representando avanço de 31,8% em comparação com o ano anterior. O desempenho é resultado em grande parte do investimento de R$ 4,65 bilhões este ano, aumento de 53,2% ante 2020, informa o Sistema Ocepar.

A distribuição de sobras aos cooperados atingiu R$ 7,6 bilhões (27,1% a mais em relação ao ano interior), enquanto foram abertas 7.530 novas vagas de trabalho no setor, que encerra 2021 com 127,7 mil empregos diretos, um aumento de 7,5% se comparado aos números do ano passado.

Segundo comunicado do Sistema Ocepar, 2021 encerra com indicadores positivos, mesmo diante "das turbulências econômicas e políticas internas, que se somaram às questões de ordem internacional de logística, custos de insumos e restrição comercial de alguns países". Em 2021, cerca de 220 mil pessoas se associaram a uma das 216 cooperativas registradas ao Sistema Ocepar. Com isso, o quadro social avançou 9% em relação a 2020, passando de 2,5 milhões para 2,7 milhões de cooperados.

"Nossa responsabilidade cresce a cada ano, à medida que mais pessoas aderem ao cooperativismo, por confiarem na proposta desse modelo de negócio e perceberem que as cooperativas se tornaram uma das melhores maneiras de apoio às suas atividades, com melhoria da renda", comentou na nota o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken. A estimativa é de que quase metade da população do Estado tenha alguma ligação com o cooperativismo. Considerando somente os associados e empregados das cooperativas, mais seus familiares, são quase 5 milhões de pessoas.

Em relação à movimentação econômica, o ramo agropecuário é o mais representativo, respondendo por cerca de 90% do faturamento conjunto das cooperativas registradas ao Sistema Ocepar, que em 2021 totalizou R$ 152,5 bilhões, 31,8% a mais que no ano anterior. O Paraná tem 58 cooperativas agropecuárias. Uma rede organizada, composta por mais 190 mil produtores associados e que respondem por cerca de 60% da safra de grãos do Estado.

O superintendente da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), Robson Mafioletti, disse na nota que as cooperativas participam em todo o processo de produção, desde a assistência técnica aos produtores, ao armazenamento, industrialização e comercialização. "Atualmente, mais de 50% do volume recebido pelas cooperativas passa por algum processo de transformação e agregação de valor nas mais de 120 unidades agroindustriais de cooperativas no Estado", destacou Mafioletti.

O ramo crédito foi o que registrou o maior aumento no quesito "cooperados". Formado por 54 cooperativas, entre os empreendimentos cooperativos independentes, como a Credicoamo, Credicoopavel, Credialiança e Lar Credi, cuja atuação é focada em atender às demandas por crédito dos produtores rurais, e as singulares ligadas aos sistemas Sicredi, Sicoob Unicoob, Uniprime, Cresol e Ailos, o ramo crédito fechou o período com mais de 2,4 milhões de cooperados.

Com relação ao futuro, o Sistema Ocepar destacou que foi lançado este ano o Plano Paraná Cooperativo 200, o PRC200, com a finalidade desenhar o plano estratégico do cooperativismo paranaense para os próximos 10 anos. "Este novo planejamento estratégico é composto por 20 projetos estruturantes e estratégicos para o crescimento sustentável das cooperativas, com uma visão de longo prazo", disse o superintendente da Federação das Cooperativas do Paraná (Fecoopar), Nelson Costa. Estes 20 projetos, completa Nelson Costa, serão temas prioritários na pauta de trabalho de 2022.

PUBLICIDADE