PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Fonacate, que representa 37 categorias de servidores, pede reunião com Guedes

Brasília

18/01/2022 11h34

O Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), que representa 37 categorias do funcionalismo público federal, protocolou nesta terça-feira, 18, um pedido de reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para levar os pleitos das entidades ao Executivo. Líderes do movimento afirmam que a manifestação pode crescer em fevereiro caso o governo não conceda reajuste às categorias e chegam a falar em paralisação total de algumas atividades se o governo não der aumento salarial.

"Estamos indo às ruas para dizer que não vamos aceitar tratamento indigno do governo Bolsonaro. De ataques reiterados a órgãos tão importantes, como o Ibama, o Inpe e o ICMBio e da ingerência governamental sem precedentes na história no Coaf, Polícia Federal e Receita Federal. Além de Guedes ter dito que queria colocar uma granada no bolso de servidores", criticou Rudinei Marques, presidente do Fonacate.

No período da manhã desta terça, entidades de servidores públicos federais estão reunidas em frente à sede do Banco Central em Brasília, em protesto contra a resistência do governo federal ao reajuste salarial. Ainda nesta terça, na parte da tarde, está programado outro ato dos servidores, desta vez na frente do Ministério da Economia.