PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Eletrobras adota regras de conduta a empregado e conselheiro sobre capitalização

Rio

26/01/2022 15h50

Até que o prospecto de capitalização da Eletrobras tenha sido registrado na B3 e na New York Stock Exchange (NYSE), as companhias do grupo e seus colaboradores não podem emitir qualquer comunicação ou opinião sobre a desestatização, incluindo a oferta pública e seu impacto nas empresas Eletrobras e no setor elétrico, alertou a estatal aos seus colaboradores. A regra vale para públicos internos e externos.

Os membros das diretorias executivas e dos conselhos de administração das empresas Eletrobras receberam um memorando onde essas regras são detalhadas. O mesmo aconteceu com os empregados envolvidos diretamente no processo de capitalização. A medida visa garantir o sucesso da operação, prevista para abril, mas que ainda depende da autorização do Tribunal de Contas da União (TCU).

"O objetivo é prevenir violações dos dispositivos legais brasileiros e norte-americanos que regem a oferta pública global de distribuição de ações ordinárias e de American Depositary Receipts (ADRs) pela companhia e a listagem simultânea de seus valores mobiliários na B3", segundo informe da Eletronuclear que o Broadcast teve acesso.

No que diz respeito às companhias do grupo, isso inclui a publicação de notícias nas intranets ou nos sites corporativos e a divulgação de releases à imprensa. Em relação aos colaboradores, fazem parte desse escopo a participação em reuniões externas, entrevistas e palestras, informou a companhia.