PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Dirigente do Fed defende alta de juros mais agressiva no início do ano nos EUA

São Paulo

18/03/2022 11h17

O diretor do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) Christopher Waller afirmou nesta sexta-feira, 18, que defende um processo mais agressivo de aumento de juros no início do ano, com moderação no ritmo de ajustes ao longo do segundo semestre.

Em entrevista à CNBC, o dirigente afirmou que os dados econômicos recentes apoiaram a decisão de elevar a taxa básica em 25 pontos-base na última quarta-feira.

Para ele, se a comunicação for clara, os mercados se adaptam as mudanças na política monetária sem muita turbulência.

Waller minimizou os riscos de uma recessão no horizonte dos Estados Unidos e disse que espera arrefecimento dos gargalos na cadeia produtiva ao longo deste ano, com consequente redução da inflação. No entendimento dele, a diminuição do balanço de ativos do Fed deve começar antes de julho.