PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

BC do México eleva taxa básica de juros de 6,00% a 6,50% ao ano

São Paulo

24/03/2022 17h08

O Banco Central do México (Banxico) aumentou a taxa básica de juros do país em 50 pontos-base, de 6,00% a 6,50% ao ano. A decisão, divulgada nesta quinta-feira em comunicado, foi tomada de forma unânime, segundo o BC.

A autoridade monetária destacou que houve aumento nas projeções inflacionárias, com base na maior pressão vinda dos gargalos na cadeia de suprimentos e dos preços de alimentos e energia.

Com o aumento nas expectativas, agora a inflação no México só deve chegar à meta de 3% ao ano em 2024, prevê o Banxico.

Segundo projeta o BC, a inflação ao consumidor subirá 6,4% no primeiro trimestre de 2022 e moderará para alta de 4,0% no último trimestre deste ano.

Para as projeções inflacionárias, porém, há diversos riscos de alta e baixa, ressaltou o Banxico. De alta, o BC cita eventual persistência da forte inflação implícita, pressões externas pelos setores agropecuário e energético por causa da guerra na Ucrânia e depreciação cambial.

Entre riscos de baixa, há a possível redução das tensões no Leste Europeu, efeito negativo maior que o esperado da lacuna negativa do PIB mexicano, preços de energia mais baixos que o previsto e apreciação cambial, destacou o Banxico.

"O equilíbrio dos riscos em relação à trajetória esperada para a inflação no horizonte de projeção se deteriorou e permanece tendenciosa para cima", completa a entidade.