PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Setor de saúde contrata 4.012 profissionais em março e 45.413 no 1º trimestre

São Paulo

03/05/2022 15h54

O setor de saúde gerou, em março de 2022, um saldo positivo de 4.012 postos de trabalho, aponta boletim da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde). Com a adição desses trabalhadores, o estoque total de celetistas ativos no setor do País chega a 2.679.293. O levantamento foi feito com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia e antecipado ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

No primeiro trimestre de 2022, a saúde acumulou saldo positivo de 45.413 novos postos de trabalho, sendo que as mulheres foram a grande maioria das contratações no período, dominando 80,2% do total das vagas preenchidas.

O mesmo cenário positivo aconteceu no acumulado dos últimos 12 meses consultados (abril de 2021 a março de 2022), intervalo no qual o Brasil gerou 129.154 vagas de trabalho no setor.

Quase todos os meses do levantamento apresentaram saldo positivo de contratações, com exceção de dezembro de 2021, período no qual o País registrou mais demissões, em um total de 4.917.

Em relação à faixa etária, a maioria dos contratados em março tem entre 18 e 24 anos, sendo que 5.686 vagas foram destinadas a esse público.

O número é maior que o total de postos de trabalho gerados porque leva em conta o saldo negativo em outras faixas etárias. No acumulado do primeiro trimestre, a maior parte (21.975) dos novos trabalhadores do setor também faz parte do intervalo etário de 18 a 24 anos.

Quanto aos Estados do País, São Paulo é o que se destaca, tanto em março quanto no primeiro trimestre como um todo, com 1.729 e 16.778 do total dos contratados em ambos os períodos, respectivamente.