PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Indicado ao Fed, vê inflação 'muitíssimo elevada' e se compromete a contê-la

São Paulo

19/05/2022 12h15

Indicado para o conselho do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Michael Barr afirmou que a inflação está "muitíssimo elevada" nos Estados Unidos, afetando as pessoas pelo país. Caso seja confirmado, Barr disse estar "fortemente comprometido a levar a inflação de volta à meta do Federal Reserve, consistente com o mandato dual de máximo emprego e estabilidade de preços" da instituição.

As declarações foram datas durante a audiência nesta quarta-feira para apreciação do nome do candidato ao conselho do Fed, no Comitê Bancário, de Moradia e Questões Urbanas do Senado.

O nome de Barr deve ainda ser votado pelo pleno do Senado norte-americano.

No discurso, Barr lembrou sua trajetória, em parte no setor público, inclusive no Tesouro americano, em parte como acadêmico.

Ele foi indicado pelo presidente dos EUA, Joe Biden, a ser vice-presidente para Supervisão do Fed e disse que, caso seja confirmado, trabalhará para garantir a robustez do sistema financeiro norte-americano, que propicie a inovação com "regras claras" e operando de modo justo.