PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Novas tecnologias ajudam regimes repressivos como Rússia e China, diz Soros

Davos

24/05/2022 18h03

O investidor bilionário George Soros culpou as novas tecnologias por ajudarem regimes repressivos como Rússia e China a exercer maior controle. Falando nesta terça-feira em um jantar para jornalistas à margem da reunião anual do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, Soros disse que China e Rússia são as maiores ameaças às sociedades democráticas abertas hoje, graças ao "rápido desenvolvimento da tecnologia digital, especialmente inteligência artificial".

A inteligência artificial "é particularmente boa em produzir instrumentos de controle que ajudam regimes repressivos e colocam em risco sociedades abertas", disse ele.

Soros também falou sobre a guerra do presidente russo, Vladimir Putin, contra a Ucrânia e a decisão do líder chinês Xi Jinping de dobrar sua política de "covid zero", que ele disse ser um grande erro porque empurrou a economia da China para uma "queda livre".

Sobre a mudança climática, Soros disse que estava prestes a se tornar irreversível e "isso pode ser o fim de nossa civilização".