PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

BCE piora previsões de PIB da zona do euro em 2022 e 2023

São Paulo

09/06/2022 13h36

Em meio aos efeitos da guerra na Ucrânia e da pandemia, o Banco Central Europeu (BCE) cortou significativamente as projeções para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro este ano e no próximo, e estimou que a inflação ficará acima da meta de 2% até pelo menos 2024.

Segundo comunicado com decisão de política monetária, em que os juros foram mantidos, a equipe do chamado Eurossistema do BCE reduziu a previsão para expansão do PIB na região em 2022, de 3,7% a 2,8%, e em 2023, de 2,8% a 2,1%. Para 2024, a expectativa de avanço foi elevada, de 1,6% a 2,1%.

A autoridade monetária também passou a esperar um quadro bem mais agudo de escalada inflacionária. O BCE subiu a projeção para a taxa anual de inflação este ano (de 5,1% a 6,8%), no próximo (de 2,1% a 3,5%) e em 2024 (de 1,9% a 2,1%). As comparações são em relação às previsões anteriores da instituição, divulgadas em março.

Excluindo-se os voláteis componentes de energia e alimentos, a inflação deve atingir 3,3% em 2022, antes de moderar a 2,8% em 2023 e a 2,3% em 2024.