PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Powell: Alta de 0,75 p.p. nos juros é 'incomumente alta'

Nova York e São Paulo, 15

15/06/2022 17h41

O presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central norte-americano), Jerome Powell, disse que a alta promovida nos juros hoje, de 75 pontos-base, é "incomumente alta" e que não espera que essa intensidade "se torne comum". Ele reforçou a necessidade de novos aumentos nos juros para trazer a inflação para a meta de 2% e afirmou que o ritmo continuará a depender dos indicadores econômicos e da evolução das perspectivas para a economia dos Estados Unidos.

"Claramente, o aumento de 75 pontos-base é incomumente alto e não espero que movimentos desse tamanho sejam comuns na perspectiva de hoje", afirmou Powell, em coletiva de imprensa, nesta tarde. "Um aumento de 50 pontos base ou 75 pontos base parece mais provável em nossa próxima reunião", acrescentou, explicando que "havia consenso de que aumento de 50 pontos-base deveria ser considerado".

Powell disse que o Fed está ciente com os custos impostos pela inflação elevada nos Estados Unidos. Ponderou ainda que a economia dos EUA está "muito forte" e bem posicionada para enfrentar o aperto monetário em curso.

De acordo com o presidente do Fed, pressões de preços se espalharam por ampla gama de bens e serviços e os gargalos de oferta duraram mais que o esperado. Afirmou, porém, que o aperto das condições financeiras nos EUA deve conter a demanda.