PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Japão: governo mantém avaliação de que economia cresce, mas alerta para indústria

São Paulo, 20

20/06/2022 08h54

O governo do Japão manteve inalterada a avaliação de que a economia do país asiático exibe sinais de crescimento, no relatório mensal de junho divulgado nesta segunda-feira, 20. O documento, no entanto, indicou que a produção industrial parou de avançar, a primeira alteração em sete meses.

Segundo a análise, o consumo privado, os investimentos de empresas e o emprego se expandem, enquanto as exportações estão estagnadas. Os lucros das empresas aumentarem no geral, embora ainda haja sinais de "fraqueza". Já os preços aos consumidores também seguem em alta, ainda de acordo com o texto.

O governo japonês alertou para uma série de riscos à atividade econômica, entre eles a escalada dos preços de matérias-primas, gargalos de oferta e volatilidade nos mercados financeiros. Tóquio também chamou atenção para "preocupações" sobre o prolongamento da guerra na Ucrânia e a desaceleração da economia chinesa.

Nesse cenário, as autoridades se comprometem a manter políticas monetárias e fiscais "arrojadas" e "flexíveis", com foco no crescimento econômico. "A macroeconomia será gerida de forma flexível, sem hesitações, para alcançar um crescimento autônomo liderado pela demanda privada e para romper com a deflação", destaca o relatório, que acrescenta que o Banco do Japão (BoJ) segue com política relaxada.