IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Cemig faz lance com deságio de 48,05% e vence disputa por lote 1 em leilão

São Paulo

16/12/2022 12h46

A Cemig foi a vencedora da disputa pelo lote 1 do leilão de transmissão nº 2/2022, organizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e que se realiza nesta sexta-feira, 16, na B3, em São Paulo.

O grupo ofereceu uma Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 16,996 milhões para construir e operar o empreendimento, o que corresponde a um deságio de 48,05% em relação ao valor máximo estabelecido no edital de R$ 32,716 milhões.

Pelas regras do leilão, vence o empreendedor que oferecer a menor RAP para construir e operar os empreendimentos de transmissão.

Na disputa pelo lote 1, outras cinco empresas e consórcios se habilitaram para a disputa: a Engie ofereceu lance com deságio de 19,92%, a Empresa Transmissora Agreste Potiguar S.A (ETAP) fez lance desconto de 37,03%, o Consórcio Verde, da Cymi, ofertou RAP 13,4% menor que a máxima estabelecida em edital e a Cteep ofereceu deságio de 21,45%. A Taesa se habilitou mas não apresentou lance.

O lote 1 é composto pela linha de transmissão em 230 kV Governador Valadares 6 - Verona, com 165 quilômetros (km) de extensão, entre Minas Gerais e Espírito Santo.

O investimento está estimado em R$ 199,136 milhões e o prazo para a entrega do projeto é de 60 meses, com isso a entrada em operação é prevista para 30 de março de 2028. O objetivo do empreendimento é o atendimento à região norte do Estado do Espírito Santo.

O leilão de transmissão está ofertando ao mercado 6 lotes de concessões com um total de 710 km de linhas de transmissão e subestações com 3.650 MVA em capacidade de transformação, além da manutenção da prestação do serviço público de transmissão de 743 km de linhas de transmissão e 2,2 mil MW em subestações conversoras, localizados em 9 Estados: Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia e São Paulo. Os investimentos são estimados em cerca de R$ 3,5 bilhões.