IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

'Meu compromisso é acabar com essa injustiça', diz Marinho sobre saque-aniversário do FGTS

Brasília

14/05/2023 22h52

O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, defendeu acabar com o saque-aniversário do Fundo de Garanta do Tempo de Serviço (FGTS), que, na sua visão, é uma injustiça e um castigo para os trabalhadores. Isso porque o mecanismo impede quem opta pelo saque a retirar os recursos do fundo em caso de demissão.

"Meu compromisso como ministro do Trabalho é de acabar com essa injustiça", disse ao Canal Livre, da Rede Bandeirantes, exibida neste domingo, 14. "Nós vamos acabar com essa injustiça, mas para isso é preciso mudar a lei". Ele disse ter certeza que o Congresso Nacional terá sensibilidade para resolver essa questão.

O ministro acrescentou que o FGTS tem funções importantes, sendo a principal delas proteger o trabalhador em caso de perda de emprego. Há também o papel de ajudar a financiar a política de habitação no País. Em todos esses aspectos, o trabalhador de baixa renda é o maior beneficiado, apontou Marinho.