IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Haddad: criminalização do fiscal é mesmo que criminalizar presidente do BC por não cumprir meta

Brasília, 17

17/05/2023 14h58

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse a deputados que a criminalização da condução da política fiscal não existe em lugar nenhum do mundo.

"Criminalizar a política fiscal é a mesma coisa que criminalizar presidente do Banco Central por não cumprir meta de inflação", afirmou durante sessão conjunta de comissões na Câmara, nesta quarta-feira, 17.

Precatórios

Haddad reiterou os riscos sobre criminalização da política fiscal e disse que isso não depende apenas do Executivo. Ele mencionou o volume de pagamentos com precatórios, que dobrou de um ano para outro e que ele ainda não tem um mapa para indicar como isso ocorreu.

Haddad disse que a PEC dos Precatórios jogou para 2027 um problema que está dobrando de valor: o projeto saiu de R$ 50 bilhões para R$ 100 bilhões os pagamentos das condenações judiciais. "Há cinco meses no cargo, eu não tenho o mapa ainda, correto, para entender o que aconteceu de um ano para outro para dobrar o volume de precatórios", disse.