IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Teto da dívida dos EUA deve ser resolvido, mas calote não está descartado, diz Oxford Economics

São Paulo

19/05/2023 17h22

A Oxford Economics disse que a possibilidade de um default por parte dos Estados Unidos não pode ser descartada completamente - mesmo acreditando que a Casa Branca e os congressistas republicanos conseguirão chegar a um acordo sobre o impasse do teto da dívida. As avaliações foram publicadas em relatório nesta quarta-feira, 19.

A consultoria também não afasta inteiramente a hipótese de o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) determinar um outro aumento na taxa de juros em junho, mas tem a previsão de uma pausa no ciclo de altas na próxima decisão.

A Oxford mantém sua projeção de uma recessão moderada começar no terceiro trimestre, embora veja sinais de que pode começar depois. O início de uma desaceleração será atrasado caso "o consumidor continue disposto a gastar, e eles vão continuar gastando enquanto o mercado de trabalho permanecer forte", afirmou. "Predizer com precisão o início de uma recessão é extremamente difícil, até porque os bancos ainda não terminaram de apertar seus padrões de empréstimo e é difícil avaliar o impacto em tempo real", ponderou.