IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Mais altas de juros não podem ser descartadas pelo BoE, afirma membro do BC britânico

São Paulo

25/05/2023 14h20

Membro do conselho do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Jonathan Haskel afirmou nesta quinta-feira, 25, que novas altas de juros "não podem ser descartadas" pela instituição. Durante discurso no Peterson Institute for International Economics, em Washington, o dirigente destacou a inflação "muito elevada" e "bem acima da meta" de 2% no Reino Unido, o que torna necessário manter postura de aperto na política monetária.

Segundo ele, a inflação no Reino Unido "deve cair bastante" ao longo deste ano. Mas Haskel avaliou que há incerteza sobre a trajetória dos preços. A inflação poderia persistir para bem além dos termos do choque comercial, caso a dinâmica no trabalho e na renda se torne arraigada, afirmou.

Haskel comentou também que o mercado de trabalho está "muito apertado" no país. Há alguns indicadores a sugerir que esse mercado relaxa um pouco.

Diante da incerteza, a autoridade monetária defendeu prudência, com menor foco nas projeções de médio prazo e mais peso para indicadores de curto prazo. Além disso, ele disse que "prefere se voltar contra os riscos de impulso da inflação", não descartando que a inflação arraigada possa piorar o quadro econômico.

Haskel ressaltou que o conselho do BC britânico continua comprometido em levar a inflação à meta, por isso diz que não pode descartar mais elevações nos juros.