IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Sete dos 9 grupos pesquisados tiveram alta de preços no IPCA-15 de maio

Rio

25/05/2023 10h45

Sete dos nove grupos de produtos e serviços que integram o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) registraram altas de preços em maio, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As quedas ocorreram em Transportes (-0,04%, impacto de -0,01 ponto porcentual) e Artigos de Residência (-0,28%, impacto de -0,01 ponto porcentual).

Em Artigos de Residência, os itens de TV, som e informática caíram 1,44%, influenciados pela redução de preços dos televisores (-2,21%). Já os eletrodomésticos e equipamentos recuaram 0,92%, puxados pelas quedas do refrigerador (-1,37%) e da máquina de lavar roupa (-1,09%).

Os grupos com aumentos foram Vestuário (0,35%, impacto de 0,02 p.p.), Habitação (0,43%, impacto de 0,07 p.p.), Educação (0,07%, impacto de 0,00 p.p.), Despesas Pessoais (0,40%, impacto de 0,04 p.p.), Saúde e Cuidados Pessoais (1,49%, impacto de 0,20 p.p.), Comunicação (0,02%, impacto de 0,00 p.p.) e Alimentação e Bebidas (0,94%, impacto de 0,20 p.p.).

O resultado geral do IPCA-15 em maio foi decorrente de altas de preços em todas as 11 regiões pesquisadas. A taxa mais branda ocorreu em Recife (0,19%), enquanto a mais acentuada foi registrada em Belo Horizonte (0,90%).