IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Para Haddad, privatização da Eletrobras foi 'mal feita'

São Paulo e Brasília

26/05/2023 18h00

Sem se posicionar sobre o assunto, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta sexta-feira, 26, que os questionamentos do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, à privatização da Eletrobras representam uma decisão do governo como um todo, não cabendo a ele criticar ou elogiar. Em entrevista à GloboNews, o ministro, porém, mais uma vez considerou que a privatização foi mal feita, porque "desarrumou um pouco as coisas" do marco regulatório do setor elétrico.

"Acho que a privatização foi mal feita. Disse isso quando foi aprovada", declarou Haddad.

A Eletrobras, sustentou, tem peso no modelo energético brasileiro, inclusive no preço da tarifa, o que leva à reflexão sobre a venda.

Questionado sobre se ele, particularmente, apoia a tentativa de reverter a privatização da companhia elétrica, Haddad respondeu que, depois que decisões são tomadas, as opiniões pessoais não devem ser expostas.

O ministro pontuou, no entanto, que os questionamentos à privatização da Eletrobras resultam da insatisfação pelo que foi feito com o patrimônio público.

"Defendemos a posição do governo no caso Eletrobras, mesmo sabendo que Congresso e Judiciário podem ter outras", concluiu Haddad.