IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Tebet reconhece que governo terá mais trabalho para aprovar reforma tributária no Senado

Brasília e São Paulo

30/05/2023 13h28

A ministra do Planejamento, Simone Tebet, reconheceu que o governo terá mais trabalho para aprovar a reforma tributária no Senado. Ela prevê que a Casa deverá levar todo o segundo semestre para discutir e votar a matéria, enquanto que, na Câmara, a expectativa é de o texto ser aprovado até o meio do ano. Apesar da ponderação, Tebet se mostrou otimista com o avanço do tema.

"Nunca vi momento tão propicio para a reforma tributária. Nenhum estado ou município vai perder nos próximos 20 anos. Para quem acompanha de perto há muito tempo, reforma tributária nunca esteve tão madura para votar", disse Tebet em live promovida pelo O Globo e Valor Econômico.

Tebet ainda reforçou que o Ministério do Planejamento terá um papel decisivo na disciplina fiscal, antecipando riscos fiscais a cada dois meses.

"Com revisões tributárias, estamos falando em R$ 40 bilhões em aumento de receita sem subir imposto", disse Tebet, pontuando que não haverá revisão de gastos tributários com o Bolsa Família.

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Gabriel Galípolo, acrescentou ainda que o debate da reforma tributária não se inicia do "zero". "Já existe maturidade, acreditamos que vai sair."