IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Setor público tem superávit primário de R$ 78,702 bi no ano até abril, mostra BC

Brasília

31/05/2023 10h16

As contas do setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) acumularam um superávit primário de R$ 78,702 bilhões no ano até abril, o equivalente a 2,31% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Banco Central nesta quarta-feira, 31. Somente no quarto mês de 2023, houve superávit primário de R$ 20,324 bilhões.

O superávit fiscal no acumulado do ano ocorreu na esteira do superávit de R$ 47,341 bilhões do Governo Central (1,39% do PIB).

Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 33,035 bilhões (0,97% do PIB) no período.

Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 26,670 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 6,364 bilhões.

As empresas estatais registraram um resultado negativo de R$ 1,674 bilhão no ano até abril.

Acumulado em 12 meses

No acumulado de 12 meses até abril, o setor público consolidado registrou superávit primário de R$ 56,203 bilhões, informou o Banco Central. Em porcentual do PIB, o superávit é equivalente a 0,55%.

As contas consolidadas estão no azul em 12 meses desde novembro de 2021, mas o superávit vem se reduzindo desde meados do ano passado. O resultado primário do setor público em 2022 foi positivo em R$ 126 bilhões.

O resultado fiscal positivo em 12 meses até abril é composto por um superávit de R$ 22,212 bilhões do Governo Central (0,22% do PIB).

Já os governos regionais apresentaram um saldo positivo de R$ 35,649 bilhões (0,35% do PIB) no período.

Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 14,047 bilhões, os municípios apresentaram dado positivo de R$ 21,602 bilhões no ano passado.

As empresas estatais registraram um resultado negativo de R$ 1,658 bilhão.